Tag: Vendas

5
abr

Crescimento do comércio em 2018: não deixe sua empresa perder esse momento

O comércio fechou o ano de 2017 comemorando a retomada do crescimento e do consumo. O setor que passou por momentos difíceis e de recessão começou a enxergar a luz no fim do túnel já no ano passado e tem, em 2018, melhores expectativas. E não é para menos: com taxas de juros caindo e busca facilitada por crédito, o crescimento nas vendas é quase que inevitável. Inclusive, a CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) divulgou, recentemente, uma pesquisa apontando que a perspectiva para o desempenho das vendas é de alta de 5,2% para este ano. Com isso, é impossível não pensar em um cenário de crescimento do comércio, não é verdade?

A perspectiva otimista de crescimento nas vendas é boa? Sim! Mas isso não dispensa a necessidade de programar estratégias de vendas e atendimento para aproveitar ao máximo este novo ciclo e, claro, sair na frente da concorrência. Afinal, não dá para perder o bonde que está andando e acelerando!

Dicas para aproveitar o crescimento do comércio

Por isso, neste artigo nós separamos algumas dicas que podem ajudar você a organizar e otimizar estratégias de vendas para aproveitar esse ritmo de crescimento do comércio. Confira!

Tenha proatividade nas vendas

O momento é de crescimento do comércio e confiança dos consumidores em poder investir naquele produto desejado e almejado há tempos, mas que estava engavetado devido à recessão. Mas isso não significa que os consumidores sairão gastando enlouquecidamente. Eles farão isso da maneira que for conveniente e necessária e cabe ao comerciante ser proativo e mostrar a ele o quanto seu produto é interessante, suas condições são favoráveis e todo o leque de vantagens que o diferencia do concorrente.

Por isso, não se pode esperar que a venda aconteça por um milagre. A iniciativa do comerciante é o pontapé inicial que vai demonstrar interesse especial em cada cliente. Fazer contato com os clientes por telefone, e-mail e até mesmo utilizar a tecnologia pode ser uma arma a mais na divulgação dos seus produtos e ofertas.

Trace metas e planeje ciclos

Vender, fidelizar seus clientes e tratá-los bem são os objetivos do comércio, certo? Esses são objetivos gerais e costumam nortear todos os comerciantes, afinal, são as bases para a longevidade de um negócio. Mas, e as metas pontuais? E os ciclos? Eles estão entre suas prioridades? Como falamos, este é um momento de retomada de crescimento do comércio após um período longo em que o comércio teve que segurar as pontas.

E como todo recomeço, o momento exige planejamento e organização. Portanto, para aproveitar ao máximo o potencial de consumo dos seus clientes, trace metas junto à sua equipe, pois elas servem como base e também como incentivo. Além disso, planejar ciclos abordando questões como as metas de vendas, ações de marketing e de engajamento dos clientes e campanhas de aproximação dos colaboradores, clientes e até mesmo fornecedores serve para impulsionar suas vendas, além de permitir avaliar o seu público e como suas ações são recebidas por ele.

Faça reuniões e qualifique sua equipe

Reuniões com a equipe são essenciais para identificar possíveis erros nas vendas, no atendimento, no estoque, enfim, em todo o processo. É a partir desses encontros que você consegue desenhar melhor a semana do seu comércio, corrigindo falhas em todas as etapas. Além disso, este momento pode ser utilizado também para qualificar seus colaboradores. Lembre-se: bom atendimento gera conversão de vendas, fideliza e atrai novos clientes.

Negocie

Um dos segredos para o sucesso no comércio é ter uma boa relação com os fornecedores, tanto no que diz respeito à pontualidade na entrega quanto nas negociações de valores. Negociar é preciso! Uma compra bem feita pode resultar em uma venda melhor ainda, por isso, não deixe de negociar com seu fornecedor.

Porém, tenha sempre em mente que uma boa compra não se limita a um preço favorável e boas condições de pagamento. Você precisa estar atento às necessidades do seu público-alvo. Preze pela qualidade e pela usabilidade dos produtos, pois não adianta entupir a sua loja de itens se eles não forem atrativos — isso vai na contramão de um bom planejamento e da lucratividade.

Use e abuse da tecnologia

As pessoas estão conectadas pelo smartphone. A frase já virou clichê, mas precisa ser levada a sério. Você precisa estar atento a essa realidade para inserir o seu negócio nessa grande bolha também! As pessoas utilizam o mundo digital para praticamente tudo, desde manter contato com familiares e efetuar pagamentos no aplicativo do banco até, é claro, comprar.

Então, estar fora da internet é deixar de atender a um público que já é enorme e que continua crescendo a cada dia. Disponibilizar opções online, além de aumentar o seu alcance, também se torna um chamariz para que quem tem possibilidade geográfica conheça o seu espaço físico, permitindo aquela proximidade que já citamos aqui no post.

Falando nisso, utilize as redes sociais para divulgar o seu trabalho! As pessoas gostam de conhecer o ambiente em que compram, saber como é o dia a dia e conhecer as novidades assim que elas chegam à sua loja. E você pode divulgar tudo isso em canais como Facebook, Instagram e YouTube, por exemplo.

Tenha sempre troco à mão

Existem algumas situações que às vezes parecem detalhes, mas que, na verdade, são capazes de fazer o cliente decidir se volta ou não à sua loja ou se efetiva ou desiste da compra que estava fazendo. Uma delas é a falta de troco.

Imagine-se em época de Páscoa indo a uma loja especializada em chocolates. É claro que a demanda e o movimento estão intensos. Você esqueceu o cartão, tem apenas dinheiro, porém, o caixa não possui troco. O que você faria? É bem provável que desistiria da compra, não é verdade?

Quer dizer: o troco é essencial para, além de converter a venda, transmitir a imagem de organização que você tanto trabalha para conseguir e manter. Claro que imprevistos acontecem, mas o consumidor não pode pagar a conta por isso. E não dá mais para depender das moedinhas.

A boa notícia é que a tecnologia está alinhada a este momento de crescimento do comércio e pode ser uma grande aliada do seu negócio. A Troco Simples, por exemplo, tem a solução ideal para evitar problemas pela falta de troco. Nosso aplicativo permite que os comerciantes cadastrados ofereçam o troco em crédito concedido diretamente no CPF do cliente. Dessa maneira, evita-se o retorno em dinheiro e os consumidores conseguem calcular os valores que, inclusive, rendem juros e outras vantagens, como prêmios e a possibilidade de conversão em crédito para o celular.

Para que os clientes possam participar, é muito simples, basta que realizem um cadastro gratuito no sistema e pronto! Ao comerciante fica a missão de mostrar aos clientes as vantagens de migrar do troco tradicional para o Troco Simples, que concede muitos benefícios a ambas as partes.

Então, não perca mais tempo! Conheça o Troco Simples e veja em detalhes como ele pode ser vantajoso para o seu dia a dia!

15
dez

Quatro dicas essenciais para garantir boas vendas no fim do ano

Natal e Ano Novo são épocas excelentes para dar uma alavancada nas vendas no fim do ano. Afinal, este é um período em que as pessoas, de um modo geral, estão mais dispostas a comprar, pois desejam presentear amigos e familiares com alguma lembrança, não é mesmo? Dessa forma, é muito importante estar com tudo bem planejado para atender a essa demanda que só tende a crescer.

Dicas para melhorar as vendas no fim do ano

Nesse sentido, elaboramos um checklist com itens que você não pode esquecer de jeito nenhum para garantir boas vendas e a satisfação dos seus clientes. Confira!

1. Ofereça um bom atendimento

Um aumento significativo em suas vendas no fim do ano não vem sozinho. Certamente, ele é o resultado de diversos fatores que influenciam o consumidor, como o atendimento. Por este motivo, é fundamental ter uma equipe qualificada para atender às necessidades do cliente, dando a atenção que ele merece. Portanto, mesmo que você tenha que contratar novos funcionários para atender a demanda, realize treinamentos para capacitá-los e instruí-los sobre como devem proceder em cada situação. Afinal, eles são peças essenciais para converter clientes que ainda estejam indecisos e que, com a abordagem correta, podem gerar bons frutos ao seu negócio.

2. Fique sempre de olho no estoque

Por mais que você tenha planejado o seu estoque para essa época do ano, é necessário continuar de olho. Muitas vezes, a grande movimentação pode fazer com que se perca o controle dos itens e cause situações desagradáveis com os consumidores. Imagine o seguinte: o cliente entra na sua loja, olha uma série de sapatos e pede aquele que mais gostou no número 44. O atendente verifica o estoque no computador, vê quem tem um par, porém, quando chega ao estoque para buscar a mercadoria, não a encontra. Ao retornar para falar com o consumidor, mesmo que ele traga outras opções naquela numeração, tem que dar explicações do por que não trouxe o solicitado, o que pode gerar um descontentamento.

Por isso, nunca é demais verificar, ao fim do dia, se as informações batem e se, na correria, alguma venda não foi esquecida. Assim, você garante que o seu estoque esteja sempre organizado, facilitando o dia a dia de todos e evitando situações desagradáveis.

3. Tenha certeza de que possui troco suficiente

Quem é comerciante sabe o quanto a falta de troco pode gerar prejuízos no fim do expediente, além, é claro, de situações embaraçosas com os consumidores. Portanto, certifique-se de que na hora que abrir o caixa você terá troco suficiente para dar aos seus clientes. Uma boa alternativa para esse momento é utilizar o aplicativo da Troco Simples. Com ele, é possível pagar o consumidor digitalmente, basta cadastrar a sua empresa e gerar um boleto no valor que você quer ter disponível no sistema como troco. Logo, você não precisa se preocupar tanto com as moedas e cédulas no seu caixa, porque é só ir creditando o valor do troco diretamente no CPF do seu cliente.

4. Prepare uma promoção especial

Em datas comemorativas, o que mais converte são as promoções e vantagens que você pode oferecer para sair na frente do concorrente. E atenção: nesse ponto vale quase tudo, não? Por isso, dê desconto na compra de mais de um item, ofereça brindes personalizados e organize qualquer ação, como um parcelamento maior, que possa motivar a compra. Sorteios de produtos de desejo também são uma excelente alternativa para chamar a atenção do seu cliente. Enfim, existem diversas opções para se destacar e fisgar o consumidor. No entanto, vale o aviso: qualquer que seja a sua estratégia, é preciso planejá-la muito bem para que você tenha o lucro esperado.

Com esse checklist básico em dia é possível colher excelentes resultados! E você, já está preparado? Conte pra gente como está sendo o seu fim de ano e como você normalmente se prepara para essas datas. Estamos ansiosos para saber!