Lei permite desconto para compras à vista em dinheiro

Em junho de 2017, foi sancionada a lei que torna legal adotar valores diferentes para cada forma de pagamento. Isso é, em outras palavras, desconto para as compras em à vista e em dinheiro garantido. O desconto ou precificação diferente por conta do método de pagamento era proibido e, a partir de agora, além de legal será regido por esta lei prática. Confira os detalhes e as vantagens que ela trará para o varejo e consumidores.

Objetivo da lei para desconto para compras à vista

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), esclareceu o objetivo de uma lei que regulamenta o desconto para compras à vista. Segundo a mesma, a permissão da prática melhora o ambiente de negócios, estimula a economia do Brasil neste período de crise e oferece ao consumidor brasileiro o que ele mais a adora na hora de pagar com dinheiro: pechinchar.

Barganha e Pechincha na crise econômica

Para o brasileiro, conseguir um bom desconto é fundamental independentemente da forma de pagamento. Aliás, quem não gosta de pagar menos? E isso vale para qualquer situação ou época. Porém, durante a crise econômica, quando o poder de compra é de fato menor, a pechincha é importante para que tornar possível as compras de artigos essenciais.

Vantagens para o consumidor

A cada dez brasileiros, sete já estão acostumados a pedir desconto em compras à vista. E, já que pechinchar faz parte da nossa cultura, com a nova lei, as vantagens para os consumidores serão:

  • Compras em dinheiro mais baratas
  • Maior oportunidade de barganha
  • Estímulo à economia
  • Dinheiro em espécie para circulando no varejo

Vantagens para o varejo

Enquanto isso, os estabelecimentos também serão beneficiados. As mudanças estão bem claras:

  • Aumento da procura e das vendas
  • Redução das taxas de administradoras de crédito
  • Segurança jurídica para a política de preços

Mas para que esta nova política de preços e descontos seja válida e legal, os estabelecimentos devem informar em lugar visível quais serão os descontos para pagamento em dinheiro. O não cumprimento dessa regra, acarretará multa já prevista no Código de Defesa do Consumidor.

Conscientização do valor do dinheiro

Com a lei de desconto para compras à vista, vemos a valorização do dinheiro e a oportunidade crescente de reverter a situação da quantidade de troco disponível atualmente. Uma pesquisa do Banco Central alerta que a cultura de “entesouramento” do brasileiro, faz retirarmos um terço das moedas de circulação. Saiba mais sobre isto em outro post do blog clicando aqui.

No entanto, a emissão de cédulas do real também foi reduzida. De 3 bilhões, a produção caiu para menos de 1 bilhão em 2015, afetando as vendas de qualquer comércio por conta da falta de troco.

Vamos aproveitar a nova lei para melhorar a economia do país, fazer melhores negociações e transformar o cenário de troco do varejo.

E por falar em troco, você já conhece o aplicativo Troco Simples? Baixe grátis e saiba como as suas moedas podem valer muito mais!

Deixe um comentário