Cuidados importantes para as compras de Natal

Se tem uma coisa com a qual os brasileiros estão acostumados é aquela combinação que surge, todos os anos, entre novembro e dezembro: 13º salário e os gastos típicos da época. É quase inevitável que uma boa parte do dinheiro extra do fim de ano seja usada para presentear parentes e amigos, afinal, todos estão envolvidos com o espírito natalino. Mas, em meio a esse clima, é necessário ter os pés no chão e muito cuidado com as compras de Natal, evitando que elas se tornem um pesadelo em janeiro, quando as faturas chegarem.

Existe uma série de ações que você deve colocar em prática para evitar o descontrole financeiro nesta época do ano. Elas exigem, principalmente, disciplina e serenidade no momento em que forem colocadas em prática, pois tudo isso passa por um exercício de controle e de escolha de prioridades.

Dicas para cuidar do bolso nas compras de Natal

O começo de tudo é a organização e o planejamento. Pode parecer básico, mas a primeira atitude a ser tomada é somar todos os ganhos de fim de ano, seja com 13º salário, seja com salário normal ou outras fontes. Tudo precisa estar na ponta do lápis para que você tenha uma noção exata do que tem à disposição para gastar.

Depois, é hora de fazer o levantamento de todas as contas de fim e início de ano, como é o caso do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), do Imposto Territorial e Predial Urbano (IPTU) e, em muitos lugares, da taxa de lixo, que aparecem sempre em janeiro. Quem tem filhos precisa levar em consideração material escolar, uniforme e, se for o caso, matrícula da creche ou escola.

O ideal é que você mantenha essas despesas sob controle e inclua elas dentro de um planejamento. Caso contrário, o risco é grande de que não hora de pagar faltem os recursos necessários. E aí o prejuízo e a incomodação com cadastros de devedores é grande.

Estabeleça uma meta

Depois de somar os ganhos e elencar as despesas, você pode estabelecer um teto do quanto pretende gastar com as compras de Natal, ceia, viagem e o que mais aparecer. É claro que, no final, o total pode passar do que estava planejado, mas a ideia é que exista um norte para servir de orientação.

Com isso, a probabilidade de que você compre muitos itens por impulso, sem que realmente seja necessário ou viável, diminui consideravelmente, pois existe uma meta estabelecida previamente e também uma noção das reais condições financeiras. Em tese, qualquer pessoa deve evitar gastar mais do que tem.

Cuidados e sugestões para a hora das compras

No momento das compras de Natal, a questão de não comprar por impulso serve também para fazer você pesquisar preços primeiro. Passe por várias lojas, avalie cada opção,as vantagens e desvantagens de cada uma e, de olho no preço, compare para descobrir qual apresenta o melhor custo-benefício.

Além disso, é fundamental não ter vergonha de aproveitar promoções ou mesmo pedir descontos quando você considerar que é o momento certo. Diversos estabelecimentos contam com margem para isso e acabam negociando as melhores condições com seus clientes, ainda mais em um período de alta concorrência.

Outra dica valiosa é cuidar com o cartão de crédito e as inúmeras prestações. De pouco em pouco, essas dívidas parecem inofensivas, mas podem ter um peso alto na contagem final dos gastos.

Por isso, realizar o pagamento à vista, principalmente em dinheiro, é uma boa alternativa. Essa condição coloca o consumidor em condição de vantagem na negociação pelos descontos, por exemplo, pois é muito interessante para o lojista fazer caixa com algumas vendas.

Se for pagar em dinheiro, é importante ficar de olho no troco. Guardar muitas moedas ou notas de menor valor não costuma ser vantajoso, pois esse dinheiro se perde facilmente. Existem no mercado algumas alternativas interessantes para essa questão, como é o caso da Troco Simples, que oferece um aplicativo pelo qual é possível transformar o troco em créditos no CPF.

Você costuma praticar alguma das dicas que apresentamos ou tem outras indicações para compartilhar com a gente? Então deixe um comentário aqui embaixo! E se quiser conhecer melhor nossa solução, é só clicar aqui.

Deixe um comentário