Conheça as vantagens de definir e conhecer adequadamente seu público-alvo

Você realmente conhece o público-alvo do seu negócio? Tem detalhes sobre o seu perfil? Pois bem, sabemos que os clientes são as pessoas mais importantes para qualquer empresa. Desse modo, estudá-los e observar o seus comportamentos é fundamental para entender suas necessidades e saber como oferecer as melhores soluções.

No entanto, identificar o público-alvo vai muito além de descobrir quem são e o que precisam. Este processo é responsável por dar uma cara ao negócio. A empresa poderá estabelecer uma imagem própria e criar estratégias que melhor atendam às necessidades dos clientes.

Definição de público-alvo

A definição do público-alvo precisa ser encarada como um fator primordial no planejamento da empresa, podendo passar por readequações ao longo do tempo, conforme as necessidades e o perfil de cada negócio. Ter detalhes sobre seus clientes certamente ajudará a estruturar melhor os objetivos comerciais e de marketing.

Especificar e conhecer bem o produto ou serviço que sua empresa oferece ao mercado é o início do caminho. É necessário ter certeza do que ela faz para poder explicar os benefícios aos clientes. Para entender quem é o seu público-alvo, em primeiro lugar, o empreendedor precisa responder a duas questões:

  1. Por que as pessoas se beneficiariam do seu produto ou serviço?
  2. Quem são essas pessoas?

Para compreender os benefícios, o empresário precisa começar descobrindo qual o problema seu produto ou serviço é capaz de solucionar. A partir disso, deve encontrar algum diferencial em relação aos concorrentes e começar a pensar em um nicho de mercado que esteja sendo pouco explorado.

Seguindo, deve conseguir identificar qual o perfil das pessoas que mais costumam ter o problema que o seu produto é capaz de resolver. Feito isso, será possível encontrar os pontos em comum.

Finalmente, o empreendedor deve se perguntar se existem grupos distintos que podem utilizar seus produtos de maneiras diversas. Neste ponto, é importante perceber se existem nichos de compradores diferentes aos quais prestar atenção, baseado em suas necessidades. E, com isso, determinar se a empresa tem condições de atender a todos ou se é necessário focar em algum especificamente.

Não tenha medo de ser específico. Pode ser que em alguns casos seu público seja extenso e de diferentes nichos. Mas lembre-se, quanto maior for o público-alvo, mais trabalho e gastos você terá. Portanto, para quem está começando um negócio, o mais indicado é escolher um único grupo e trabalhar em cima dele. Como já dissemos, isso pode mudar com o tempo, então, na medida em que a sua empresa se desenvolver, estas definições poderão ser alteradas.

É preciso ser detalhista e saber quem são estas pessoas. E a melhor forma de fazer isso é por meio das pesquisas. Mas não se engane com formulários prontos, como se eles funcionassem do mesmo modo para todas as empresas. Crie o seu próprio questionário, com perguntas direcionadas e solicitações de informações que sejam realmente relevantes ao seu negócio. Alguns exemplos de questões poderiam ser:

  • Qual a profissão, renda mensal, escolaridade?
  • Que tipo de atividades costuma realizar?
  • Onde costuma buscar informações?
  • Quais serviços ou produtos consome regularmente?
  • Quais as formas de pagamento mais utilizam?

O questionário pode ser feito pessoalmente ou disponibilizado na internet, de forma que o público consiga respondê-lo com mais calma e atenção. Muitas vezes, as pessoas têm dificuldade com perguntas abertas. Então, uma alternativa é o formato de múltipla escolha. Assim, você conseguirá um volume maior de informações que sejam facilmente analisadas.

Ter uma boa definição do público-alvo irá permitir que o empreendedor melhore vários aspectos da sua comunicação com os clientes. E isso inclui a identidade e a linguagem da empresa, os tipos de conteúdo a serem produzidos, os canais de vendas, as promoções, possíveis alterações e melhorias no produto e até mesmo a forma como planejar o troco.   

Talvez você ainda não tenha se dado conta, mas a definição de um público-alvo também vai definir as formas mais comuns que um estabelecimento recebe o seu dinheiro. De acordo com o tipo de produtos ou serviços oferecidos, o pagamento será, em grande parte, feito de um determinado modo.

No caso do comércio que recebe a maioria dos seus pagamentos em dinheiro vivo, conhecer o público é fundamental para planejar o troco. Ou seja, definir um valor para abrir o caixa diariamente.

Mas, sabemos que isso tudo não é simples. Se você não quer ter mais problemas com a falta de troco, nem ficar no prejuízo ou desfalcar seus clientes, pense na solução da Troco Simples. Nosso aplicativo consegue fazer o troco valer dinheiro na compra de outros produtos. Isso representa mais vendas e menos desperdício. Converse com a gente e conheça melhor nossos serviços.

2 Comments

  1. clayton francisco quintino da silva-Reply
    1 de agosto de 2018 at 19:57

    NÃO CONSIGO ABRIR NO CELULAR

    • rodrigo-Reply
      27 de outubro de 2018 at 09:54

      Olá Clayton,

      Por favor, tente abrir agora o app!

Deixe um comentário