Como preparar a força de vendas e melhorar os resultados da sua loja

De toda as ações e práticas que fazem parte dos pilares do comércio, a sua linha de frente é sem dúvidas a mais importante delas. Não é segredo que qualquer planejamento, ação coletiva, promoção ou estratégia passa obrigatoriamente pela sua equipe de vendedores, pois são eles que fazem o primeiro e o último contato com o cliente. São esses profissionais os responsáveis por apresentar e esclarecer as vantagens de adquirir os produtos e esmiuçar as facilidades e opções de pagamento. É por isso, então, que saber como preparar sua força de vendas é, ao mesmo tempo, complexo e vital para o empreendimento.

Com uma equipe de vendas bem estruturada e alinhada com o planejamento da sua empresa, é certo que você vai contar com uma força de trabalho que pode transformar a realidade do negócio. Será mais fácil conquistar e fidelizar clientes e, assim, ter muito mais tranquilidade na hora de administrar e focar na gestão comercial.

Por isso, seja na criação de uma equipe, seja na sua readaptação a uma nova realidade ou no aprimoramento de um modelo já adotado, avaliar sua estrutura e saber como preparar a força de vendas é essencial para manter a empresa competitiva e as vendas a todo vapor. A boa notícia, é claro, é que existem algumas ações simples e descomplicadas que podem ajudar bastante na hora de planejar e colocar em prática a potencialização da sua equipe. Fizemos uma relação das mais importantes.

1- Cultivar o controle dos processos de venda

Se o seu negócio contar com o suporte de um bom e eficiente controle de vendas, suas equipes vão ter muito mais facilidade na hora de orientar os clientes. É um processo no qual a transparência nas ações de gestão são refletidas com igual transparência nos resultados. Isso porque, se a comunicação e o fluxo de trabalho do seu negócio estão alinhados e definidos com sua equipe, fica muito mais fácil atuar com agilidade quando surgirem ameaças ou mesmo quando pintar aquela oportunidade única de negócio. Afinal, entender o ciclo de vendas e ter uma boa gestão de informações de cada processo faz os profissionais entrarem em sinergia e obterem melhores resultados

2- Atenção redobrada aos clientes ativos

Com o mercado cada vez mais complexo e competitivo, onde não faltam ofertas de produtos e fornecedores, os clientes são cada vez mais exigentes, os concorrentes mais ferozes e a informação está disponível à distância de um clique. Dessa forma, a fidelização se tornou uma ferramenta vital para a prosperidade de qualquer negócio.

Seus clientes ativos e regulares são a melhor fonte de pesquisa para uma empresa, por exemplo, pois eles sabem os pontos em que você precisa se desenvolver e qual é o seu diferencial no mercado. É importante que este conceito faça parte da cultura do seu negócio e da sua força de vendas, afinal, entender o que pensam os clientes é, em resumo, traçar novas oportunidades. Lembre-se: identificar as particularidades do consumidor é fundamental para tirar do papel estratégias assertivas e afuniladas para transformar os seus clientes em apaixonados e verdadeiros defensores da sua marca.

3- Investimento em capacitação da força de vendas

Um vendedor bem capacitado e preparado para lidar com qualquer tipo de situação vai converter clientes com muito mais facilidade. Incentivar e investir na profissionalização da sua força de vendas é uma ação que vai se converter em lucro e retorno financeiro. A dificuldade para interpretar os diferentes perfis de clientes e lidar com as particularidades de cada um reduz consideravelmente.

Em uma situação prática, imagine que seu cliente procure o seu comércio em busca de um produto específico, mas com algumas dúvidas sobre as funcionalidades ou especificações. Então, ele se depara com um vendedor profissional e preparado para sanar as dúvidas ou, ainda que ele não saiba tudo sobre o item, conheça formas práticas e rápidas de conseguir a informação que o comprador deseja. Sua marca acaba de deixar uma boa impressão e as chances de essa pessoa voltar ou se tornar um cliente regular são extremamente elevadas.

4- Cuidados com o pós-venda

Não esqueça que o trabalho da sua força de vendas não acaba quando o dinheiro entra e o cliente sai. Em muitos casos, a falta de assistência no pós-venda acaba levando seus clientes a buscarem a concorrência. Por isso, manter o cadastro de consumidores atualizado e tomar a iniciativa de procurá-los depois do processo de venda pode ajudar a aumentar o nível de satisfação.

Para dar suporte para sua força de vendas depois que ela estiver devidamente preparada, um detalhe é importante: o troco. Muitos comerciantes não dão a devida atenção, mas ponto é crucial para não criar um desgaste desnecessário com os consumidores. E resolver o problema da falta de troco é justamente a função do aplicativo Troco Simples, que transforma aquelas moedas em crédito no CPF. Clique aqui e conheça melhor essa solução.

Deixe um comentário