Como conquistar e fidelizar clientes em cinco passos simples

Fidelizar clientes para que eles voltem sempre à sua loja é o sonho de todo comerciante, não é mesmo? Afinal, consumidores fiéis são extremamente importantes para construir um negócio lucrativo, pois além de retornarem quando precisam, eles acabam se tornando embaixadores da sua marca ao indicá-la para amigos e parentes. Mas para que isso aconteça é preciso conquistar o seu público. Para ajudá-lo nessa missão, listamos cinco passos que você deve começar a seguir agora mesmo. Confira!

1º passo: Conheça bem o seu cliente

Entender os hábitos, valores e necessidades do consumidor é tão importante quanto oferecer um excelente atendimento. Aliás, é praticamente impossível fazer um bom atendimento se você não compreender o perfil do seu cliente. Por exemplo: se você apresentar o seu produto, por melhor que ele seja, ao público errado ou da forma errada, sem que haja uma abordagem adequada e sem relacione os benefícios com as dores do seu cliente, certamente o seu esforço de vender será em vão.

Desse modo, invista em um CRM, ferramenta de gestão de relacionamento com o cliente que armazena informações sobre o consumidor como nome, endereço e número de telefone, suas atividades e interações com ele, mantendo um histórico atualizado. Ou crie a sua própria forma de cadastrar clientes extraindo informações relevantes sobre o seu consumidor, como data de aniversário, últimas compras e preferências. Tudo isso ajudará você a conhecê-lo melhor para ofertar diferenciais. Como consequência, a fidelização virá naturalmente — uma vez que o público perceberá a sua preocupação com ele.

2º passo: Crie uma experiência única de atendimento

Quando você conhece bem o seu cliente fica fácil oferecer um atendimento personalizado a ele, o que proporciona uma experiência única. Para isso, além de ter aquelas informações que mencionamos no primeiro passo, sua equipe deve ser treinada para atendê-lo da maneira que ele deseja. Ou seja, um bom time de vendas não insiste na venda de um produto ou serviço que acha que é o melhor para o cliente. Ele capta os sinais dados pelo futuro comprador e determina suas preferências e necessidades, identificando, assim, até mesmo o tipo de abordagem (mais ou menos agressiva) conforme suas respostas. Portanto, fique atento e invista na capacitação dos seus funcionários.

3º passo: Facilite o troco

Quem é comerciante sabe o quanto a falta de troco pode se tornar uma dor de cabeça. Desse modo, contar com alternativas que facilitem esse processo pode ser um grande diferencial perante os concorrentes. Uma boa alternativa para esse momento é utilizar o aplicativo Troco Simples. Com ele, é possível pagar o consumidor digitalmente, basta cadastrar a sua empresa e gerar um boleto no valor que você quer ter disponível no sistema como troco. Logo, você não precisa se preocupar com as moedas e cédulas no seu caixa, porque é só ir creditando o valor do troco diretamente no CPF do seu cliente.

4º passo: Esteja aberto a feedbacks

Solicitar e estar aberto a feedbacks é uma forma muito eficiente de aprender com os seus clientes e de mostrar que a opinião deles é valiosa para o seu negócio. Essa simples atitude faz com que o consumidor se sinta à vontade para voltar à sua loja e até mesmo indicá-lo a outras pessoas, pois se sente importante e sabe que no seu ambiente sempre será ouvido.

5º passo: Aposte no pós-venda para fidelizar clientes

Quando a venda é efetivada a relação com seu cliente apenas começou. Então, não o deixe de lado, esquecido e sem atenção. Crie processos para conhecê-lo melhor, saber seu aniversário, suas preferências e interesses e, depois, ligue ou envie um e-mail para informar novidades relevantes. Dessa maneira, você mantém um relacionamento com o seu cliente e vai estreitando os laços. E não tenha dúvidas que o cliente perceberá o cuidado e o zelo que você está tendo com ele e voltará à sua loja sempre que precisar.

Com esses passos simples pode ter certeza que você irá conquistar os seus clientes, fidelizando-os de vez. Agora, que tal colocá-los em prática? Depois, compartilhe com a gente sua experiência!

Deixe um comentário