agosto 2017

18
ago

O que é melhor para o seu negócio? Vender à vista ou a prazo

Se você é empreendedor e possui um negócio certamente não quer perder dinheiro. Estamos sempre procurando a melhor maneira de obter bons resultados financeiros no fim do mês, e por isso, existe a dúvida: Vender à vista ou a prazo? O que é melhor para o meu negócio? Os benefícios e vantagens existem nos dois casos, tanto para comerciante quanto para cliente. A chave está em analisar a estrutura do seu negócio e o mercado em que ele está inserido, para então escolher a opção mais vantajosa.

Vender à vista ou a prazo?

A grande maioria dos empresários costuma dar descontos para o pagamento a vista em dinheiro, por exemplo. Isso acontece para evitar as taxas cobradas pela utilização do cartão, mas existem vantagens e desvantagens para ambas as modalidades: Vender à vista ou a praz. Para ajudar na sua decisão trouxemos algumas delas. Confira a baixo!

Vantagens de vender à vista

  • Conceder descontos para o consumidor nas compras em dinheiro, evitando as taxas do cartão;
  • Quitar possíveis dívidas com fornecedores;
  • Auxilia no fluxo de caixa e reduz a necessidade de realizar subsídios paralelos que possam prejudicar o financeiro da empresa;
  • Utilizar o aplicativo Troco Simples nas compras em dinheiro e reservar o seu troco, criando a possibilidade de fazer com que seu dinheiro renda em até 6% por ano.

Desvantagens

  • No caso de produtos com preços mais altos os consumidores, em alguns casos, podem se ater aos valores das parcelas, independentemente do desconto. Fazendo essa modalidade parecer mais interessante;
  • Em alguns casos ter valores para receber a longo prazo pode ajudar em outros momentos do negócio.

Vantagens de vender à prazo

  • A venda a prazo atrai clientes, já que é comum os consumidores se atentarem mais ao valor das parcelas que o preço final;
  • Ter valores a receber longo prazo também é um benefício que pode facilitar as negociações, como com fornecedores

Desvantagens

  • Desiquilíbrio no fluxo de caixa, fazendo com que em algumas situações a empresa não consiga quitar suas contas por falta de capital;
  • Possibilidade de gerar dívidas;
  • Taxas no cartão.

Essas são algumas vantagens e desvantagens dos métodos de pagamento à vista e a prazo, o ideal é intercalar entre as duas opções, assim o seu cliente também poderá escolher a melhor opção para ele. Continue acompanhando o blog para mais dicas e informações como essa 😉

11
ago

Clientes inadimplentes: como cobra-los

Cobrar clientes inadimplentes não é uma tarefa fácil e muitas vezes causa um certo constrangimento, mas se você é empreendedor ou administra um negócio, certamente passará por situações como essa algumas vezes. Para isso, você precisa saber lidar e resolver esse problema da melhor forma. Trouxemos alguns pontos essenciais que você deve seguir para lidar com essa situação tranquilamente.

Como cobrar clientes inadimplentes

É sempre importante lembrar que ninguém deve porque quer. Existem vários fatores pessoais que podem estar causando essa dívida, manter a calma é essencial. Confira dicas de como cobrar um cliente inadimplente.

Cobre

O primeiro passo, é claro, é cobrar o cliente. Não tenha medo de cobrar, afinal, com a correria do dia a dia existe a possibilidade de que o cliente tenha deixado passar sem intenção. Lembre-se que assim como o consumidor, o comerciante também possui muitos direitos previstos por lei.

Saiba abordar

Você não quer perder um cliente, certo? Saiba abordar os clientes inadimplentes, seja firme, mas não seja ríspido. Mantenha a cordialidade e a discrição, não o constranja.

Ofereça opções para resolver a situação

Ofereça opções que facilitem a resolução dessa situação. Ofereça outros métodos de pagamento, como métodos parcelados ou dê mais alguns dias e estabeleça uma data para efetuar o pagamento.

Como evitar clientes inadimplentes

Antes de pensar em lidar com um cliente inadimplente é preciso encontrar maneiras de evitar que isso aconteça.

Entre em contato antes do vencimento do débito

Uma boa maneira de evitar que um cliente faça dívidas é entrando em contato para lembra-lo que seu débito está próximo do vencimento. Esse contato pode ser feito através de e-mail ou mensagem de texto, deixando a ligação para último caso, já que contatos interpessoais geram menos desconforto para ambos os lados.

O contrato é seu maior amparo

A compra de produtos deve ser respaldada por um contrato, estabelecendo os direitos e deveres de clientes e fornecedores, deixe claro também informações sobre pagamento, juros por atraso e quais serão as providências tomadas a partir de inadimplentes.

E aí, preparado para cobrar seu cliente inadimplente? Continue acompanhando o blog para mais dicas e informações sobre o mundo das finanças.

4
ago

Saiba como fazer seu dinheiro render mais sendo autônomo

O trabalho autônomo tem sido uma opção cada vez mais recorrente dos brasileiros, não somente para aqueles que estão desempregados, mas também para quem quer ter uma renda extra além daquela que ganha em seu trabalho. Saiba como fazer o seu dinheiro render mais sendo autônomo.

A profissão autônoma é aquela pessoa que não vive sob o regime CLT (Consolidações das leis do trabalho) e se por um lado não tem carteira assinada nem 13° e outros benefícios ofertados a quem é funcionário contratado, por outro ela não tem chefe e faz seus próprios horários.

Como fazer seu dinheiro render mais sendo autônomo

Os autônomos precisam ter disciplina quando se trata de controle financeiro, já que os rendimentos podem variar de um mês para o outro.

Acompanhe suas finanças

Acompanhar as suas finanças é um dos passos mais importantes de um profissional autônomo. É preciso saber exatamente quanto dinheiro está saindo ou entrando, ter completo controle sobre suas receitas e despesas. Para isso existem modelos de controle de finanças prontos na internet, como aplicativos, softwares ou o Excel.

Estabeleça metas

Estabelecer metas é importante para manter o foco e também serve como motivação profissional. Crie metas como, quanto quero ganhar por ano? Em quanto tempo quero me aposentar? Etc.

Mantenha reservas

Os rendimentos do trabalho autônomo não são fixos, e podem variar de mês para mês. Por esse motivo é importante que você mantenha reservas, recomenda-se poupar 10% dos seus ganhos mensais, dessa forma, se você passar por algum imprevisto como uma enfermidade ou uma viagem de última hora, estará preparado.

Evite comprar em parcelas

Sabendo que o seu rendimento pode variar a todo mês, não é aconselhado efetuar compras parceladas. Prefira fazer compras sempre com o dinheiro em mãos, você não sabe quando seu negócio passará por um período difícil.

Reveja seus preços regularmente

Manter seus preços estáveis por muito tempo pode afastar sua clientela e fazer com que lentamente o seu negócio perca a viabilidade. Revise o preço dos seus serviços a cada seis meses, assim você consegue acompanhar as mudanças do mercado, e se precisar aumentar os preços, faça isso gradativamente, é bem mais eficiente do que aumentar todo o preço de uma vez só.

 

E aí, preparado para fazer o seu dinheiro render mais sendo autônomo? Continue acompanhando o blog para mais dicas e informações sobre o mundo das finanças.